Saiba tudo sobre a injeção anticoncepcional



O uso de anticoncepcionais é feito por mulheres em idade fértil que desejam evitar gestações e também regular seu ciclo menstrual. Existem diversos tipos de anticoncepcionais, como o DIU, a pílula, adesivos, anel vaginal, implante subcutâneo e também a injeção anticoncepcional.

É sobre ela que você vai saber mais nesse artigo, para que tenha mais segurança e conhecimento na hora de escolher pelo melhor método.

Antes de tudo, vale ressaltar que essas informações não substituem a consulta ao seu ginecologista. Aliás, somente deverá iniciar o uso de qualquer tipo de anticoncepcional com a recomendação do seu médico, pois ele vai avaliar vários fatores relacionados ao seu histórico de saúde para lhe dar a recomendação certa.

O que é injeção anticoncepcional?

A injeção anticoncepcional é uma alternativa como a pílula e o adesivo. Trata-se de uma injeção intramuscular, feita sempre na farmácia, de um líquido composto por uma determinada dose de hormônios que vai agir durante um ou três meses, existem opções.

Ela costuma ser recomendada para mulheres que esquecem com frequência de tomar a pílula todos os dias. Mesmo assim, esse não é o único fator analisado para que se recomende essa opção.

A composição das injeções que agem durante um ou três meses no organismo é diferente, então é preciso saber a qual tipo o seu organismo vai reagir melhor. Por isso que é essencial manter acompanhamento médico nos primeiros meses.

Como funciona?

O funcionamento da injeção anticoncepcional é o mesmo de tomar a pílula todos os dias ou usar algum outro método que faça a liberação de hormônios no organismo diariamente, aos poucos.

Quando a mulher toma a injeção e ela começa a agir, a ovulação, que é o que determina a possibilidade de engravidar, não vai acontecer. Esses hormônios também vão engrossar o muco cervical, impedindo a passagem do espermatozoide pelo caminho da fecundação. Então é como um reforço, além da não ovulação, para impedir uma gestação.

Tipos de injeção anticoncepcional

Existem dois tipos de injeção anticoncepcional, a mensal e a trimestral. Ou seja, a mensal é injetada a cada 30 dias e a trimestral, a cada 90 dias. Elas possuem diferença na sua composição para que sejam eficazes por esses períodos.

A injeção mensal é composta por uma combinação de hormônios sintéticos derivados dos hormônios estradiol e progesterona. São basicamente os mesmos compostos das pílulas e dos adesivos. Essa injeção deve ser tomada sempre no primeiro dia do ciclo e não interrompe a menstruação.

A injeção trimestral é composta apenas pelo hormônio sintético progestógeno, que é similar à progesterona. Não contém estrogênio. Esse é um método que não possui contraindicações e a mulher não vai menstruar. Essas são as principais diferenças entre os dois tipos.

Vantagens

A principal vantagem em tomar a injeção anticoncepcional está em não precisar lembrar de tomar a pílula todos os dias. Essa é uma vantagem que outros métodos também oferecem, por isso é importante consultar o médico para saber qual deles o seu corpo tende a aceitar melhor. Mas essa não é a única vantagem.

A injeção pode também ser uma boa alternativa para mulheres que já fazem uso de outros medicamentos contínuos. É ainda uma opção para mulheres que não se adaptaram a outros métodos.

Esse modo de usar contraceptivo tem ainda a vantagem de reduzir as cólicas e outros sintomas de TPM, que muitas mulheres sentem de forma intensa.

Por ser um estimulante da produção de glóbulos vermelhos na formação do sangue, também pode ser considerado uma forma de prevenir a anemia. Claro, se mantiver um estilo de vida saudável ao mesmo tempo.

Por evitar que a menstruação aconteça, o tipo de injeção trimestral é visto por muitos médicos como uma boa maneira de evitar problemas do sistema reprodutor feminino como câncer de endométrio, cistos, miomas e inflamações internas.

Alguns desses problemas ocorrem com estímulo da menstruação, logo, se ela não acontecer, também há menor risco de que esses problemas se desenvolvam.

Desvantagens

Como tudo tem dois lados, também existem as desvantagens da injeção anticoncepcional. Essas desvantagens vão depender muito de mulher para mulher, afinal, mais uma vez é importante reforçar que um organismo reage de forma bem diferente do outro.

Sendo assim, algumas mulheres podem sentir ainda mais efeitos da TPM ao invés de perceber sua redução. Por exemplo, podem perceber um aumento de dores de cabeça, sensibilidade dos seios e inchaço no período do ciclo.

Esse método não protege contra doenças sexualmente transmissíveis. Então, mesmo com a injeção agindo no organismo, não pode deixar de usar o preservativo, que é a melhor forma de proteção contra essas doenças.

Outro ponto negativo é que, por conta da quantidade de hormônios, algumas mulheres que já possuem tendência à retenção de líquidos, podem ter esse acúmulo aumentado. É aí que muitas mulheres reclamam do aumento de peso, mas não acontece em todos os casos. Esse efeito colateral pode ocorrer ao fazer uso da injeção do tipo trimestral.

No caso de injeção mensal, ela não pode ser usada por mulheres lactantes, já a trimestral pode.

E também é importante saber que se estiver usando a injeção do tipo trimestral e parar de tomar com orientação do médico, porque resolveu que quer tentar engravidar, poderá ter dificuldade para isso pelo período de até um ano após ter parado. O mesmo não ocorre com a injeção mensal, pois ela não interfere na fertilidade. Logo no segundo mês após ter parado, poderá conseguir engravidar.


Como tomar?

Depois que decidiu fazer uso da injeção anticoncepcional, com a orientação do seu médico, então ela deverá ser tomada sempre na farmácia e vai ser aplicada de forma intramuscular, normalmente no glúteo. Não costuma doer, é uma aplicação bem simples.

Deve ser aplicada sempre no primeiro dia do ciclo menstrual. O ciclo começa no primeiro dia da menstruação, então é diferente para cada mulher. É muito importante estar atenta ao primeiro dia do ciclo, pois se a injeção não for tomada dentro desse período, pode não fazer efeito no sentido de impedir uma gestação. Caso esqueça de tomar a injeção mensal logo no 31º dia após a dose anterior, tem até 3 dias para tomar sem o risco de engravidar.

O tipo de injeção anticoncepcional mensal deve ser reaplicado a cada 30 dias. Já no caso da injeção trimestral, a aplicação é feita a cada 90 dias. Sempre respeitando a data de início do ciclo, por isso deve sempre ter essas datas anotadas para não esquecer quando tomou a última injeção.

Como no caso da injeção trimestral a mulher não vai mais menstruar, deve sempre lembrar da data exata da última injeção para que tome a próxima no dia seguinte em que completar os 90 dias da dose anterior. Se esquecer de tomar logo do 91º dia após a dose anterior, pode tomar até 5 dias depois sem correr riscos.

Depois que ela é aplicada, não deve massagear o local da aplicação, nem fazer compressa quente, mesmo se estiver com algum desconforto, pois poderá atrapalhar a ação do líquido que foi injetado.

Efeitos colaterais

Alguns dos efeitos colaterais você já conferiu no tópico sobre as desvantagens do uso da injeção. Além deles, para as mulheres que fizerem uso do tipo de injeção mensal, existe o mesmo risco da pílula ou do adesivo em desenvolver uma trombose, um infarto ou um derrame ou problemas de fígado, por causa da combinação de hormônios.

Em especial para mulheres que já possuem problemas cardiovasculares, de fígado e que fumam. No caso da injeção trimestral, não há esses riscos porque ela não possui a combinação de hormônios.

Existe outro efeito colateral no caso de quem escolher a injeção mensal. Algumas mulheres, na fase de adaptação, podem ter seu ciclo menstrual aumentado, enquanto outras podem tê-lo mais escasso ou até pararem de menstruar. Em qualquer um dos casos, o ginecologista deverá ser avisado.

Nomes dos principais anticoncepcionais injetáveis

Existem várias marcas de injeção anticoncepcional e você poderá pedir a recomendação do seu médico sobre a melhor opção. Alguns exemplos do tipo mensal são:

  • Ciclofem;
  • Cyclo-Provera;
  • Ciclofemina;
  • Lunelle;
  • Cyclofem;
  • Novafem;
  • Feminena;
  • Lunella;
  • Mesigyna;
  • Norigynon.

Algumas das marcas trimestrais são:

  • Petogen;
  • Megestron;
  • Depo Provera;
  • Tricilon.

Qual é o preço?

O preço vai depender de cada cidade e farmácia. Para ter uma noção, a injeção mensal fica em torno de R$ 30 por dose. Já a trimestral fica em torno de R$ 40 por dose ou até menos.

Perguntas frequentes

Veja a seguir algumas dúvidas mais frequentes quanto ao uso do anticoncepcional injetável.

Tomar anticoncepcional por injeção engorda?

Algumas mulheres podem sofrer mais com a retenção de líquidos causada por uma alta quantidade de hormônios injetada. Então é aí que pensam estar engordando, mas não ocorre o aumento do acúmulo de gordura.

Se perceber que está retendo muito mais líquido, sentindo-se mais inchada após começar a usá-la, deverá avisar ao médico para que ele ajude a encontrar formas de liberar esse líquido retido.

Quanto tempo leva para fazer efeito?

Já no primeiro mês que você tomar, ela vai começar a fazer efeito, mas nem por isso é recomendado que tenha relações sexuais sem preservativo logo nos primeiros dias. Espere seu ciclo terminar.

Tomei injeção anticoncepcional e não menstruei: o que quer dizer?

Se você tomou o tipo mensal, deveria continuar menstruando normalmente nos dias seguintes, já que se toma no primeiro dia da menstruação. Se perceber que a menstruação parou de descer, seja no primeiro, no segundo ou em qualquer outro mês, deverá consultar seu ginecologista. Não interrompa o uso dela por conta própria.

Tomei injeção anticoncepcional e estou sangrando: o que fazer?

Se você escolher tomar o tipo de injeção trimestral, ainda é normal que menstrue no primeiro mês, pois você tomou a injeção no primeiro dia do seu ciclo. A partir do segundo mês ela não deverá mais ocorrer.

Se por acaso a menstruação ainda continuar descendo a partir do segundo mês ou fora do ciclo, avise seu ginecologista. Pode ser que o seu organismo não tenha se adaptado da forma esperada ou que ainda esteja se adaptando. Não suspenda o uso da injeção sem avisá-lo.



Comentar

four × five =

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.